sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Poema BEM concreto

duro

um
porto
amarrado
por
um
muro
está
morto

por Mário Pirata.

Um comentário:

  1. Meu amigo Mário(poeta)Pirata saiu-se bem com este poema, colocando em primeiro plano, a concretude deste muro que separa a cidade do rio.
    Eu diria assim, para o pessoal que votou a favor do Pontal do Estaleiro:

    O estaleiro
    não jaz mais Só.

    Fazem parceria
    com o verde
    o cinza & o fumê dos prédios.

    Pois, por conta
    de alguns dinheiros
    Judas-edis decretaram
    a ditadura do concreto...

    Ricardo Mainieri

    ResponderExcluir