quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Ontem, a Câmara foi a BOMBONERA!!!


Pelos chiliques que alguns vereadores deram durante a longa (OITO horas) sessão de discussão e votação do vergonhoso projeto de lei complementar do Legislativo 006/2008 – que viabiliza a construção do famigerado Pontal do Estaleiro – deu para ver que eles sentiram nosso "bafo quente na nuca", como escreveu o Juremir em sua coluna no CP de anteontem (11/11).

Planejamos uma manifestação silenciosa, permanecemos até bastante tempo amordaçados; porém, não demorou muito até a indignação tomar conta de todos os ocupantes do lado direito das galerias da Câmara, que não arredaram o pé das 14 até as 22 horas; xingamos, insultamos e vaiamos muito os vereadores vendidos que aprovaram esse projeto, o Pontal da Vergonha. Pontal da Desesperança, do Atraso e do Desrespeito ao Meio Ambiente.


Para vocês terem idéia do baixo nível de alguns de nossos representantes eleitos, o sr. vereador Haroldo de Souza (PMDB) fez sinais obcenos e me mandou, sem nenhum rodeio, TOMAR NO CU. Ele se sentiu ofendido porque estávamos chamando-o de mercenário. Perdeu as estribeiras e mostrou que não possui aptidão social para ser parlamentar. Há duas semanas, esse cidadão vem me ameçando e me desrespeitando, dizendo que sou desordeiro.

Ora, sou cidadão desta cidade, tenho pleno direito de manifestar minha insatisfação com os agentes políticos do meu município. Agora, uma pessoa que enche a boca pra dizer (cheio de vaidade) que é representante eleito do POVO não tem o direito de mandar uma pessoa do POVO tomar no CU. E esse sujeito ainda queria o número da minha identidade para me processar. Eu é que devia processar esse crápula fascista!

Outro que perdeu a compostura foi Elias Vidal (PPS), que se emocionou além da conta na defesa do Pontal do Atraso. Ficou exibindo imagens supostamente tiradas da área do Estaleiro Só, comparando-as com países africanos e com o Nordeste brasileiro. Noutro momento, disse que não se importava com o futuro da cidade: queria benefícios AGORA, num raciocínio de estreiteza imediatista muito semelhante ao das empresas de construção civil, em sua permanente agressão ao meio ambiente e à qualidade de vida nas cidades.

E ainda por cima fomos chamados de "escória da sociedade" pelo vereador Nereu D'Ávila (PDT). É pouco ou quer mais?!

O fato é que agora a pressão será sobre o prefeito José Fogaça. Mostraremos a ele que o povo de Porto Alegre REPUDIA este nefasto empreendimento e que essa Câmara corrupta NÃO NOS REPRESENTA! Todos os cidadãos conscientes desta cidade precisam se engajar nessa campanha de cidadania e de defesa da legalidade!

A partir de agora, a mobilização só deve aumentar. Conseguimos atrair a atenção inclusive da mídia corporativa guasca, que não pôde continuar ignorando nosso movimento como vinha fazendo até então.

Sábado, às 18 horas, tem reunião no DCE/UFRGS (av. João Pessoa, 41), para decidir as estratégias de ação para a segunda etapa desta batalha: pressionar o prefeito Fogaça para que VETE o projeto na íntegra. Ontem, os vereadores pontaleiros e seus sustentadores empresários da construção obtiveram apenas uma vitória parcial; a luta, porém, continua: na verdade está apenas começando!

Fotos (CMPA): manifestantes mostram de maneira criativa sua insatisfação com parlamentares; vereadores pontaleiros dão chiliques e ofendem cidadãos de Porto Alegre; Nereu D'Ávila e alguns representantes da "escória da sociedade"; bandidos comemoram crime ambiental.

13 comentários:

  1. O governo do Pt tentou desapropriar aquela área para fazer um parque. E o Tarso, ex prefeito, disse: "Adeli, é muito caro, a prefa não tem grana."O que fazer então com aquela área nobre de POA? Se o poder público não tem condições de desapropriar a melhor medida mesmo é passar a bola para a iniciativa privada, mas essa pelota tem que ser lucrativa, como acontece em qualquer lugar do mundo socialmente desenvolvido. Outro dia assisti uma interessante palestra do arquiteto Daniel Liberskind que vai construir a torre da liberdade onde antes era o WTC em NYC, ele já vez zilhões de projetos em lugares maravilhosos do mundo e a grande maioria deles são espigões, inclusive cidades históricas como o porto de Dublin, o centro de Milão e de Gênova. Alguns espigões bem juntinhos a orla. A verticalização não é problema. O problema é a qualidade arquitetônica da verticalização. O interessante do pensamento de certa esquerda é que se essa área fosse invadida por uma vila chocolatão que despejasse tudo o que é direito no rio, ela não abriria a boca para nada. Ficaria em silêncio e omissa, mas como o projeto envolve empreendedores, ela abre a boca para protestar contra o lucro. E pouco importa se o lucro vai gerar para cidade melhor qualidade de vida. Aquele lugar está caindo de maduro para que a população de POA e os turistas possam passear pela orla do Guaíba, mas tem gente que é contra e por puro preconceito.
    Outro ponto interessante é que TODA A BANCADA DO PT VOTOU CONTRA, inclusive Adeli Sell que foi forçado a votar contra. O PT ideologizou o debate e perdeu os votos indecisos. Acompanhei aquela ópera bufa pelo canal 16 até o final. É importante que o povo de Porto Alegre saiba que o mesmo PT que era contra a abertura da Av. Beira Rio na gestão do Collares votou ontem contra o projeto Pontal do Estaleiro. E o PT não consegue entender porque não elege mais o alcaide desta cidade. Enquanto o preconceito e as idéias bitoladas da religião ideológica alimentarem os cérebros algemados essa será a realidade petista.
    Coisas da vida.

    ResponderExcluir
  2. Arnold Strassburger13 de novembro de 2008 15:30

    Infelizmente o problema não se resume à qualidade arquitetônica da verticalização. O problema também são prédios colados uns aos outros, sem ventilação, sem insolação, sem vias suficientemente largas para suportarem o tráfego, sem áreas verdes ou abertas no entorno, e por aí afora. Sem falar que áreas ao longo de corpos d'água são de preservação permanente. Não tanto "porque é bonito", mas porque rios enchem quando chove muito e isto significa prejuízo econômico para quem se instalou ali. Em outras palavras, é burrice. Quanto ao PT, realmente não sei porque votaram contra, quando estavam no poder sempre diziam que queriam "aproveitar a infra-estrutura disponível" e, com esta lógica, desfiguraram os bairros mais "nobres" da cidade, infernizando a vida de seus moradores.

    ResponderExcluir
  3. Bom, eu já ouvi comentários de que a gestão ambiental do PT na prefeitura realmente nunca foi das melhores. O governo Lula, aliás, está beneficiando empreiteiras e indústrias de cimento com as hidrelétricas do PAC.

    E fora a ampliação do programa nuclear brasileiro, que só pode ser uma piada de mau gosto.

    O fato é que todos os nossos atuais governantes – repito, TODOS – são OMISSOS e IRRESPONSÁVEIS com a questão ambiental.

    ResponderExcluir
  4. Esses vereadores não me representam, não representam aos meus próximos e não representam o povo. O que fazem é apenas representar seus próprios interesses, isso já está mais claro impossível. E também devemos lembrar de outro vereador (que infelizmente não me lembro o nome) que disse: "QUEM MANDA NA CÂMARA SÃO OS VEREADORES" enquanto que, na verdade, eles deveriam apenas nos representar. Que MÍNIMA (se não nula) vergonha.

    ResponderExcluir
  5. Eu acho que aquele local ali no estaleiro vai ficar legal. Vai fazer a ligação, via calçadão, via ciclovia entre o Gasômetro e a vila assunção. E Porto Alegre sempre patinou nesse sentido. O que se podia construir na região do Estaleiro é o mesmo tipo de construção que existe hoje ali atrás do IPE, ao lado do fórum. E aquilo tudo ficou muito ruim. É concreto puro de prédios de 4 andares, um ao lado do outro. Muito melhor fazer como está no projeto atual que vai fazer o povo circular por aquele local. Vai ficar bem interesante.

    ResponderExcluir
  6. Pô Maia, agora tu é leitor do meu blog também, é?! =P

    ResponderExcluir
  7. "Conseguimos atrair a atenção inclusive da mídia corporativa guasca, que não pôde continuar ignorando nosso movimento como vinha fazendo até então".

    Acho que o "veja como poderia ficar o local, de acordo com
    projeções da BM Par Empreendimentos", no pé da matéria da ZH, mostra claramente que a matéria é uma defesa do projeto e não um reconhecimento ao barulho dos contrários à construção.

    Na minha opinião deverias bater de frente nesse ponto. "O grupo diz que o projeto devia ser mais discutido" não reflete o grau de absurdo da proposta.

    ResponderExcluir
  8. Maia, fazia tempo que não lia teus inteligentíssimos comentários! Sim! Arquitetura de qualidade resolve uma ampla gama de problemas, desde - miopia - até ti[fóide! Eu sou arquiteto e sei disso. Com toda certeza.

    ResponderExcluir
  9. Cara! Quando eu vi a foto daquela criatura pálida apontando o dedo tive certeza que já tinha visto isto em algum lugar...

    http://tinyurl.com/6m7zs2

    ResponderExcluir
  10. Sinceramente não entendo pra quê tanto estardalhaço por um terreno baldio, podre e abandonado. Ainda mais tratando-se de um terreno que já é privado.Ninguém usufrui daquela área.
    E por favor, tanto maniqueísmo!!Recebi o link do Blog de um amigo, Eduardo Ruppenthal, e me senti provocada e inclusive ofendida, por, a princípio, ser favorável ao projeto (espero não ser tachada de crápula fascista, heheh)
    Assisti a votação ontem, espetáculo deprimente.Vereadores do PT com um discurso medíocre e demagógico,faltou objetividade para a apresentação de argumentos.Ok, era a votação, mas também era uma oportunidade de esclarecer a população, não de fazer discursinho nostálgico de 68 ou falar isso "é pra rico e eu sou a favor dos pobres"[/M. danéris].Para mim não ficou claro , por exemplo,e entre outras coisas: Os que eram contra, eram contra o projeto em si ou contra as mudanças e atropelamentos legais para aprovação do projeto?

    ResponderExcluir
  11. Yara, tocaste num ponto importante: mudar leis para beneficiar a construção civil é mais que um "perigoso precedente" como alguém comentou em outro post. É uma realidade brasileira que precisa ser mudada.

    ResponderExcluir
  12. Ainda sobre o tema Pontal do Estaleiro.
    Dia 5 de março de 2009 teremos um audiência pública na Câmara
    Estarei la para ouvir.
    Adeli Sell
    Vereador do PT
    www.adelisell.com.br
    www.blogdoadeli.blogspot.br
    99335309

    ResponderExcluir
  13. Orla do Guaíba para Todos

    Acesse o link abaixo e diga:
    Porque sou a favor da desapropriação da área do Pontal do Estaleiro Só

    http://orladoguaibaparatodos.blogspot.com/2009/02/porque-sou-favor-da-desapropriacao-da.html

    ResponderExcluir