domingo, 9 de novembro de 2008

Família Brigadiana CONTRA os demandos da (des)governadora

Mais uma contribuição da jornalista Tania Faillace a este blog. Na verdade, o RS Urgente já havia publicado na quarta-feira (5/11) uma imagem como essa. O fato é que, ao que parece, os cartazes com o número de suicídios entre brigadianos nos últimos anos estão se multiplicando pela cidade, numa clara demonstração de descontentamento por parte da corporação. Houve relatos de cartazes na rodoviária, no Centro e na av. Aparício Borges.



Uma jornalista minha amiga me mandou as fotos em anexo. Eis uma categoria de servidores a ser trabalhada - desde que superado o foco atual - profissionais que são pagos com nossos impostos para nos proteger, e são desviados de suas funções para agirem como jagunços a serviço de interesses espúrios.

Isso só pode agir como elemento de grave perturbação a seu desempenho, estima própria e integração social, e, conseqüentemente, a situações de estresse incontrolável e auto-destrutivo.

Os números são impressionantes.

Os grupos que se pretendem progressistas, têm muita responsabilidade nisso, porque há a tendência a fingir que não há pessoas debaixo das fardas – daí que as pessoas sob elas ficam isoladas e à mercê dos caprichos lá de cima.

Um comentário:

  1. Eu vi hoje, do ônibus, um cartaz desses e vim direto pesquisar. No primeiro link apareceram vocês. Acho que esse cartaz é uma denúncia impressionante e acho que vocês fizeram muito bem em mostrar.
    PMs morando nos mesmos lugares em que seus inimigos ameaçadores e corruptores moram... Que se pode esperar? Já levei injustamente um tapa na cara de um brigadiano quando eu tinha 14 anos e fui preso como maior de idade agressor dele e levado para a Delegacia Central, onde certamente eu ia apanhar bem mais. Mas hoje vejo as coisas mais de cima. Quem dá as condições de trabalho? Quem dá o treinamento? Quem se importa? Estou com vocês, está aqui, o primeiro comentário, Família Brigadiana. Ontem a Deputada Federal Luciana Genro homenageou no Congresso o policial federal Protógenes Queiroz. Ele tem o blog dele também:http://blogdoprotogenes.com.br/
    É isso aí, lutando lá em cima e aqui embaixo contra tudo o que está errado. Muito obrigado!

    ResponderExcluir