sábado, 15 de novembro de 2008

Fogaça diz que quer 'ouvir a cidade' sobre o PONTAL


O prefeito José Fogaça afirmou ontem (14/11) em entrevista coletiva no Paço Municipal que ainda precisa formar uma "massa crítica", conversar muito com a cidade, implantar uma oficina de consulta pública, ter um lastro documental para decidir pela sanção ou veto ao projeto Pontal do Estaleiro, empreendimento imobiliário destinado à área do antigo Estaleiro Só, na Zona Sul da cidade.

"Respeitamos muito a posição da Câmara Municipal [o projeto foi aprovado pelo Legislativo, na última quarta feira (12/11) por 20 a 14 votos], mas considero que ainda é preciso ouvir muito. Ainda não existe suficiente debate sobre essa questão.", avaliou o prefeito.

Leia mais no sítio da Prefeitura de Porto Alegre.

3 comentários:

  1. Nós, cidadãos de Porto Alegre, queremos o Rio Guaíba preservado, sem ter suas margens tomadas por paredões de concreto. O por-do-sol mais bonito do mundo precisa ser vislumbrado por todos. Não dá pra colocar a Cidade a venda. Patrimônio cultural e ambiental não se vende. Não pode haver pressa para fazer negociatas. Há que se fazer estudos sérios por tecnicos competentes e que seja respeitada a Lei Orgânica do Município. Elisabeth Karam Guimarães - bethkaram@globo.com

    ResponderExcluir
  2. De vez em quando é bom o homem ser devagar.

    ResponderExcluir
  3. Desconfio que seja briga de empreiteiras... Duvido das boas intenções do Fumaça...
    Tem mais coisa nos bastidores aí!

    ResponderExcluir