quinta-feira, 26 de março de 2009

Cada subversão é uma VITÓRIA


Ontem à noite, quando voltava do lavoro na biblioteca da Fabico, pedalando minha bicicleta pela avenida Ipiranga, confesso que vibrei muito ao ver a intervenção no arroio Dilúvio, de autoria do Coletivo Muralha Rubro Negra.

A pintura é um desafio a ditadura do pensamento único vigente no estado, tão habilmente promovida e advogada pela fábrica de mentiras da Ipiranga (e demais tentáculos midiáticos). Veremos até quando continuará ali a intervenção; por enquanto, a censura obtida judicialmente pelo Fotonaldo contra o Prof. Ungaretti ainda não atingiu os muros da cidade; eu me pergunto: quanto tempo a RBS terá de conviver com essa chaga, essa ferida aberta bem debaixo dos seus olhos?

Em minha visão, as ações movidas contra Ungaretti e os caras do A Nova Corja apenas demonstram o quão incômoda é a nossa mídia alternativa para os senhores e vassalos da mídia corporativa gaudéria. Podemos ser poucos (e não receber nenhum tostão por isso), mas cada palavra afiada é um corte – pequeno, é verdade – na carne do baronato político-midiático local, uma afronta à sua hegemonia; é necessário (escreveu uma vez WU) saber manusear as palavras – como estiletes.

Podemos até ser pequenos e poucos, mas cada subversão – por menor que seja – é sempre uma vitória.

Nos vemos de manhã, no Fora Yeda!

5 comentários:

  1. ah, odeio passar todos os dias por esse lugar podre!
    mas não importa se tirarem, não precisa estar escrito pra todo mundo se lembrar o que é esta empresa.

    ResponderExcluir
  2. muito intereçante esta sua descoberta

    é um bom alerta para apopulacão

    °~°

    ResponderExcluir
  3. Cristino mongolão, retardado, filho de uma puta!. Cara, reza pra eu não te pechar na rua, seu retardado pró atraso, tu e aquele dragão da tua mulher, mais feia que briga de foice no escuro. Vou te moer a porrada se eu te encontrar, pode esperar.

    ResponderExcluir
  4. Teu blog é muito bom pra ficar parado!

    ResponderExcluir
  5. pau no c* dos pampas. essa merd@ atrasada

    ResponderExcluir